De “Wall Street” a “Psicose”: frases do cinema que inspiram empresários

SÃO PAULO – Tocar uma empresa não é uma tarefa fácil. Para continuar motivados diante dos desafios, muitos empresários buscam inspiração em autores famosos de livros de empreendedorismo ou donos de grandes empresas. Já o The Washington Post mostrou que é possível se inspirar com outras formas, como nos filmes.

O site pediu aos empresários americanos que mandassem uma frase de algum clássico do cinema que os motivassem no cotidiano. Com a ajuda de entidades como National Federation of Independent Business e a Startup America, foram selecionados mais de 16 citações inspiradoras do cinema, como a frase de “A vida é feita por alguns momentos. Este é um deles”, do filme Wall Street de 1987. De Volta para o Futuro, Forrest Gump, Matrix e até Psicose aparecem na lista publicada no site.

O filme Wall Street (1987) fez um grande sucesso na época e parece que até hoje inspira empresários

Confira abaixo algumas das citações que passam lições de negócios valiosas na opinião dos empreendedores:

“Às vezes você ganha, às vezes você perde, às vezes chove” – Bull Durham (1988)

Para o presidente e chefe-executivo da Buffalo Supply Inc., TJ Jackson, o empresário precisa estar preparado para os altos e baixos, vitórias e as derrotas, mas também tem que manter sua mente ágil e pronta para dar a volta por cima do inesperado. “Há sempre algo prestes a acontecer no horizonte. Pode ser um céu limpo e azul ou uma tempestade, mas você precisa estar preparado de qualquer forma”, disse Jackson.

‘Minha mãe sempre me disse que a vida é como uma caixa de chocolates, você nunca sabe o que vai encontrar” – Forrest Gump (1994)
O fundador da EpicLaunch, Ben Lang, diz que empreender é semelhante à caixa de chocolates, você nunca sabe como vai acabar, mas sempre tem a esperança de obter o melhor pedaço possível.

“Tome a pílula vermelha ou a pílula azul” – The Matrix (1999)
“Todos os donos de pequenas ou grandes empresas têm grandes decisões a tomar. Muitas delas poderão ter um impacto enorme e muitas precisam ser feitas rapidamente. Esteja preparado”, afirmou Rochelle Balch, proprietária da RB Balch & Associates.

“A questão não é ‘o que é que vamos fazer?’, a questão é ‘o que não vamos fazer?’” – Curtindo a Vida Adoidado (1986)
A frase representa uma oportunidade de moldar o futuro para o co-fundador da Asymmetrical Press, Colin Wright. “Você tem a chance de conhecer pessoas incríveis e fazer coisas incríveis ao longo do caminho. É importante não se perder entre as árvores e esquecer da floresta. Ver o que você está plantando”.

“Estradas? Para onde estamos indo não precisamos de estradas” – De Volta Para o Futuro (1985)
“Superficialmente, esta citação representa uma conquista tecnológica do futuro que está por vir na próxima geração. Empresários, no entanto, podem perceber um significado mais profundo porque eles fazem seus próprios caminhos além daqueles que a sociedade abriu para eles”, diz o fundador da Rede Adu, Dmitriy Katsel.

“Nós todos somos um pouco loucos às vezes” – Psicose (1960)
“Será que realmente precisamos de uma justificativa?”, confessa o dono da Sr. Rooter, Steve Ferree.

“Um milhão de dólares não é legal. Você sabe o que é legal? Um bilhão de dólares” – A Rede Social (2010)
O presidente e chefe-executivo da Mercantile Capital Corporation, Chris Hurn, acredita que pensar e sonhar grande – e trabalhar – precisa ter um objetivo principal. Os líderes do amanhã não estarão satisfeitos com apenas milhões em lucros e receitas, disse Chris.

“A vida é feita por alguns momentos. Este é um deles” – Wall Street (1987)
A co-fundadora da DreamltAlive.com, Ash Kumra diz que as empresas podem crescer com encontros importantes ao longo do caminho. Para ela, muitas vezes conversar com alguém que pode investir em sua empresa pode ser a chave do sucesso.

“Totó, eu não acho que nós estamos mais no Kansas” – O Mágico de Oz (1939)
“Os empresários de pequenas empresas sabem que fazer um negócio pode gerar um turbilhão de incertezas. Podemos acabar em lugares que nunca tivemos intenção”, afirma a presidente e dona da Cynthia Kay and Company, Cynthia Kay. “Sim, são pequenas empresas, mas temos grandes ideias que podem nos levar a uma viagem incrível”, finaliza a empreendedora.

(Fonte: infomoney.com.br)

BMW catarinense poderá ser até 40% mais barata

SÃO PAULO – Nesta segunda-feira (22), o governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo, deverá apresentar o projeto de instalação de fábrica da BMW no Estado à presidente Dilma Rousseff. Segundo informou o governo catarinense, os preços dos automóveis da BMW deverão ser reduzidos entre 15% e 40% por conta da redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e também devido às cotas diferenciadas oferecidas aos importadores.

O investimento de cerca de R$ 1 bilhão deverá ser aplicado na cidade de Araquari, no norte do Estado. De início serão produzidos três modelos: Sedan Série 3, Hatch Série 1 e X1 Crossover. A nova fábrica deverá gerar 1,5 mil empregos diretos, informou o site do governo de Santa Catarina, que embora seja o Estado com 3,2% da população, é o que responde por 10% das vendas da BMW no Brasil.

(Fonte: Infomoney)

Juros no financiamento de automóveis recuam em agosto, diz Anef

SÃO PAULO – A taxa média de juros praticada no financiamento de veículos recuou 0,2 ponto percentual sobre o resultado de julho. Com a queda de 0,2 p.p sobre o período de julho, representou 1,28% a.m. (16,49 a.a.) ante 1,30% no mês anterior.

A taxa média praticada pelo mercado em agosto passou a ser de 1,57% a.m. (20,52% a.a.) quando em julho havia sido de 1,60% a.m. (20,95% a.a.), revela a Anef (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras) nesta terça-feira (9).

Saldos
O saldo total das carteiras de financiamentos de veículos (CDC e Leasing) fechou o mês de agosto em R$ 204,3 bilhões no mês de agosto, 0,4% superior que em julho, quando o saldo era de R$ 203,4 bilhões. Quando comparado ao mesmo período de 2011, a alta foi de 3,5%.

Já o saldo de crédito para aquisição de veículos por pessoas físicas manteve-se correspondendo a 4,7% do PIB nacional (estimado em R$ 4,333 trilhões), 0,2 p.p menor que no mesmo período de 2011. O montante corresponde a 9,2% do total do crédito do SFN e representa 29,1% do total do crédito destinado às pessoas físicas no Brasil.

Durante o mês de agosto a liberação de crédito para aquisição de veículos financiados (CDC) foi de R$ 9,478 milhões, o que representou um acréscimo de 13,1% em 30 dias, mas um decréscimo de 0,6% no período de doze meses.

(Fonte: Infomoney)

BB e Cade acordam fim de exclusividade em crédito consignado

Matéria de hoje do Jornal Valor Econômico:

BRASÍLIA – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) assinou acordo com o Banco do Brasil (BB) no qual o banco público se compromete a deixar imediatamente de exigir que os funcionários públicos que recebem a remuneração pelo banco só obtenham crédito consignado com a instituição. A decisão desta quarta-feira foi unânime e sem restrições.

Assim, os servidores públicos estão livres para contratar crédito com desconto em folha de pagamento em qualquer outra instituição financeira. Pelo acordo, o BB vai desembolsar quase R$ 100 milhões, sendo que R$ 65 milhões vão para o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos (FDD) e R$ 34 milhões referem-se à multa aplicada pelo Cade pelo descumprimento da medida preventiva, do ano passado, que obrigou o banco a cessar o contrato de exclusividade.

O acordo entre o Cade e o BB abrange não apenas os contratos que vierem a ser firmados, mas também os já existentes. A tentativa do BB em manter a exclusividade no empréstimo com desconto em folha para servidores que recebem seus salários no banco já foi derrotada duas vezes no Poder Judiciário, em novembro de 2011 e janeiro deste ano.

Banco do Brasil chegou a questionar no decorrer do processo a competência do Cade para julgar uma ação anticoncorrencial no setor financeiro, alegando que apenas o Banco Central poderia atuar na questão. Hoje, o conselheiro Marcos Paulo Veríssimo, relator do processo, reiterou que o colegiado tem competência para analisar questões do mercado financeiro porque, entre outros fatos, está tratando de atos fins. “As competências do Cade e do BC são complementares, sendo possível a jurisdição do Cade no âmbito da concorrência no setor financeiro”, afirmou.

Foi a Federação Interestadual dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais (Fesempre) que entrou com representação na Secretaria de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Justiça contra o banco público, o que levou a instaurar o processo no Cade. O conselheiro Veríssimo disse que ela deve ser uma “fiscalizadora privada” do que foi firmado.

O BB argumentou também que outros bancos, sem citar nomes, adotam a mesma prática. O conselheiro Veríssimo disse que vai encaminhar a alegação do banco público à Superintendência-Geral do Cade para que ela analise a questão.

(Murilo Rodrigues Alves | Valor)

Carros terão de consumir 12% menos gasolina

Brasília – Os consumidores poderão ter economia de R$ 1.150 com gasolina, em média, por ano, caso as metas de eficiência energética sejam alcançadas por montadoras. As metas estão previstas no Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores (Inovar-Auto), regulamentado hoje (4) pelo governo.

Para que esta redução de gastos com gasolina seja possível, os veículos vendidos a partir de 2017 terão que consumir 12% a menos do que ocorre atualmente. Para adotar este objetivo, as montadoras vão receber incentivo com redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

“Apesar de prevista para daqui a cinco anos, esta meta será exigida das fabricantes como condição de habilitação ao novo regime automotivo”, informou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

De acordo com o ministério, “as montadoras que desejarem integrar o novo regime automotivo e se credenciar para obter o benefíciotributário terão assumir o compromisso de produzir e comercializar veículos mais econômicos”.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, o objetivo é que o consumo médio de gasolina aumente dos atuais 14 quilômetros por litro para 17,26 quilômetros por litro. No caso do etanol, o consumo médio atual é 9,71 quilômetros por litro e deve chegar a 11,96 quilômetros por litro.

A economia de consumo de combustível para o consumidor equivale a três quartos do IPVA pago por um carro médio no país. “Há ganho efetivo para o consumidor”, enfatizou o ministro.

O novo regime automotivo prevê o investimento das montadoras em tecnologias mais modernas de produção, com motores mais eficientes, menos poluentes e com peças mais leves. O governo quer também estimular a fabricação de veículos mais seguros, equipados com controle de estabilidade para evitar capotamentos e com sistemas de prevenção de acidentes por meio de alerta de colisão iminente.

O Inovar-Auto também prevê incentivo para as empresas que não produzem, mas vendem os veículos no país. Para serem beneficiadas, estas montadoras terão que assumir o compromisso de importar veículos mais econômicos. A exigência de que realizem pesquisa e desenvolvimento, gastar com engenharia e tecnologia industrial básica de capacitação de fornecedores no Brasil.

Serão obrigadas a aderir ao Programa de Etiquetagem Veicular do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). A etiqueta classifica os veículos de acordo com a eficiência energética na comparação com modelos do mesmo segmento. Até 2017, todos os veículos produzidos no país deverão receber a etiqueta.

Fonte: Exame.com

Lançamentos do Salão de Paris

McLaren 12C Spider

Que tal iniciar a sexta-feira com mais de 50 fotos de lançamentos do Salão do Automóvel de Paris, o mais importante evento do ano neste segmento? Segue o link!!

http://g1.globo.com/carros/fotos/2012/09/veja-fotos-do-salao-de-paris-2012.html

Fonte: Globo.com

RedeCash na blogosfera

Olá a todos!

Este novo espaço servirá para divulgar ações da nossa empresa, inaugurações de franquias pelo Brasil e notícias dos mercados onde a RedeCash está inserida. 

Desta forma, criamos mais um canal de comunicação com clientes e franqueados.  

Por isso, sinta-se à vontade para participar deste espaço. Seja muito bem-vindo ao nosso blog. :)

Comunicação RedeCash